BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE MERCÚRIO

A ASTROLOGIA NÃO FALA SOBRE A INFLUÊNCIA DOS ASTROS
31 de agosto de 2017
3 MANEIRAS DE TOMAR DECISÕES ATRAVÉS DA ASTROLOGIA
21 de novembro de 2017
Mais artigos

BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE MERCÚRIO

De natureza fria e seca, Mercúrio é o planeta que menos pode se distanciar do Sol: é o mensageiro dos deuses sempre a serviço do rei e, portanto, incapaz de se exaltar no território de seu opositor, Saturno. Assim, teve que aprimorar sua versatilidade para se reinventar de diversas formas no pouco espaço que lhe é permitido o afastamento. Também devido a essa constante proximidade, Mercúrio está boa parte do tempo combusto ou sob os raios intensos do luminar diurno, tornando-o experiente na arte de viver de forma oculta e difícil. Mercúrio, afinal, rege não só os mensageiros como também os ladrões, os trambiqueiros e malandros, além dos assessores dos governantes. Sua natureza é ambivalente, podendo ser feminino ou masculino, diurno ou noturno; é inclusive capaz de produzir certa umidade mesmo sendo seco. No corpo humano, Mercúrio rege as mãos, os braços e o intestino. No zodíaco, é dono de Gêmeos e Virgem, exaltando-se no segundo, seu próprio domicílio. Virgem é o signo sucedente ao Sol, portando se encontra ao lado do castelo do rei, onde Mercúrio se sente melhor para expressar suas características seca e fria, tal qual o elemento terra, e sua atitude mutável, conforme a qualidade bicorpórea. Mercúrio representa a comunicação, a lógica, a racionalidade, a observação do mundo físico, a ciência, a percepção dos detalhes, o intelecto, o comércio, as trocas, a oratória, a técnica e a escrita. Associa-se aos jornalistas, médicos, administradores, matemáticos, carteiros, empregados, professores e afins. Junto com Marte, rege também as artes marciais. Junto com Júpiter, a astrologia. Com Vênus, os poetas e diplomatas. Com o Sol, os ourives. Com a Lua, os cuidadores. Com Saturno, os necromantes. Mercúrio rege a triplicidade noturna do elemento ar, estando à noite favorecido nos signos de Gêmeos, Libra e Aquário, e, nos mapas astrais, tem júbilo na primeira casa, próximo ao Ascendente, além de reger a sexta pela ordem caldaica. Fica mal colocado nos signos regidos por Júpiter, Sagitário e Peixes, devido ao excesso de nebulosidade, exagero e abstração. No seu pior lado, representa a falsidade, a fofoca, a trapaça e o jogo sujo. No melhor, a inteligência, a multiplicidade, a humildade e o aprimoramento. Graças a Mercúrio, a humanidade pode desenvolver a agricultura, a tecnologia, o cálculo, as letras e os meios de comunicação.